Elton John foi 'desprezado' no testamento da mãe, Sheila Farebrother, após esta ter deixado mais de 250 mil libras, aproximadamente 284 mil euros, a Bob Halley, seu assistente pessoal durante anos.

A imprensa internacional adianta que a mãe do cantor terá mudado o testamento pouco tempo antes de morrer, no passado mês de dezembro, aos 92 anos. Consta que o ‘meio-irmão’ de Elton, Frederick Farebrother, e uma amiga de Sheila, Deborah Woodward, também ficaram com uma parte do dinheiro.

Para o músico, apenas ficaram duas urnas e algumas fotografias de família, conforme o The Sun conseguiu confirmar.

De recordar que Halley deixou de colaborar com a família do músico em 2008, depois de se ter despedido na sequência de problemas com Elton e com o seu companheiro, David Furnish.

Esta saída terá gerado ainda mais problemas entre Elton John e a sua mãe, cuja relação já não era boa devido ao casamento da estrela com Furnish, com quem Sheila nunca se deu bem.

Contudo, e tal como o próprio artista o confirmou, há pouco tempo ambos tinham conseguido superar os problemas. Por isso, a forma como o testamento foi feito não o afetou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.