Lindsay Lohan está a ser acusada de falhar um acordo com uma editora. A HarperCollins alega que a atriz concordou em escrever um livro e que recebeu já uma grande quantia de dinheiro para escrever a obra, mas até agora ainda não foi entregue nenhum rascunho.

O contrato terá sido assinado por Lindsay em março de 2014. De acordo com os documentos legais, obtidos pelo TMZ, inicialmente Lohan e a sua produtora prometeram que teria concluída a obra em maio de 2015, prazo que não foi cumprido.

A HarperCollins afirma que alterou a data para março de 2017 e que até pagou à atriz um adiantamento de 365 mil dólares (mais de 308 mil euros) por royalties. No entanto, Lindsay nunca entregou um manuscrito.

A editora diz que informou a atriz em setembro de 2018 que o contrato do livro estava cancelado e que queria o dinheiro de volta, mas que nunca receberam a quantia.

A HarperCollins está a processar Lohan em 365 mil dólares mais juros e taxas legais.

Leia Também: Diogo Carmona: O livro que vai contar toda a verdade sobre a sua vida

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.