O ícone da música country, Dolly Parton, que completou 74 anos em janeiro, falou sobre os "sacrifícios" que fez para alcançar o sucesso. Um tema que foi destacado no episódio desta sexta-feira de 'The Oprah Conversation da Apple TV +'.

Em conversa com a apresentadora Oprah Winfrey, a artista referiu que não ter tido filhos com o marido, Carl Dean, fez com que se concentrasse no trabalho. "Como não tinha filhos, e o meu marido era bastante independente, tinha liberdade", disse.

"Portanto, acho que grande parte de todo o meu sucesso foi o facto de ser livre para trabalhar", acrescentou de seguida.

No entanto, não quer dizer que a cantora não seja apaixonada pela geração mais jovem. Em 1995 lançou a 'Dolly Parton's Imagination Library', um programa que envia livros grátis para as crianças até estas começarem a frequentar a escola.

"Não tive filhos porque acreditava que Deus não queria que eu tivesse filhos para que os filhos de todos pudessem ser meus. Pude fazer coisas como a 'Imagination Library', porque se não tivesse a liberdade para trabalhar, não tinha feito as coisas que fiz", explicou. "Não estaria na posição de fazer todas estas coisas que faço agora", frisou.

Questionada se acredita que na carreira houve mais sacrifícios do que recompensas, Parton respondeu: "Fiz sacrifícios, mas, como disse, acredito no que sei que devo fazer".

O envelhecimento também foi tema de conversa e a artista disse: "Não penso na vida em termos de números. Em primeiro lugar, nunca vou envelhecer porque não tenho tempo para envelhecer. Não consigo parar tempo suficiente para envelhecer".

"Aposto que não vou parecer muito diferente quando tiver 95 anos, se viver tanto tempo, porque sou como as irmãs Gabor", continuou, referindo-se às falecidas socialites húngaras. "Vou parecer um desenho animado", brincou. "Vou usar maquilhagem. Vou parecer tão jovem quanto os meus cirurgiões plásticos permitirem. Mas acho que mais do que tudo, é aquilo que vem de dentro de ti. É uma atitude e tu tens que brilhar por dentro. Às vezes isso pode fazer sentir-te mais jovem e fazer com que pareças mais jovem para as outras pessoas", destacou.

Leia Também: "É a dor mais terrível que senti até hoje", confessa Diogo Valsassina

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.