Passaram cerca de dois anos após a morte de Anton Yelchin. O ator não resistiu aos ferimentos causados pelo atropelamento do próprio carro.

Consta que a viatura estaria em ponto morto, mas movimentou-se e acabou por atingir o artista, que ficou preso entre uma grade e o automóvel.

A família de Anton acabou por processar a marca veículo , a Fiat, e sabe-se agora que chegaram a um acordo. A informação foi avançada pelo New York Daily News, que acrescenta que não foi especificada qual a quantia acordada.

"O valor vai reverter para a Fundação Anton Yelshin e para as filmagens de um documentário sobre a vida do ator. A missão da fundação é motivar e apoiar jovens que enfrentam desafios consequentes de doenças e necessidades especiais", disse um representante da família Yelchin.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.