Esta terça-feira, dia 9, aconteceu no Capitólio, em Lisboa, a apresentação da nova temporada da SIC. Neste ambiente tivemos a oportunidade de conversar com Diogo Amaral, que irá integrar o elenco da nova novela da estação, 'Terra Brava'.

Esta é uma nova fase na vida do artista, sobretudo após as duras confissões a Cristina Ferreira relativas ao vício em drogas.

"Aprendi a alimentar o lobo bom, felizmente. Acho que é um esforço que se tem de fazer todos os dias", sublinhou.

"A verdade é implacável e a dúvida era desconfortável para mim. Quando dizes a verdade ficas livre de uma dúvida", adiantou, quanto ao mesmo assunto.

Como pai de dois meninos, Mateus (fruto do anterior relacionamento com Vera Kolodzig) e Oliver (da relação com Jessica Athayde), são eles o seu principal motivo de orgulho. "Adoro ser pai, acho que se nota. O Oliver é lindo. Acho que ele é parecido com a mãe, mas as pessoas dizem que é parecido comigo", confessou, referindo que o filho mais velho não esconde os ciúmes que sente. "Costumo chamar o Mateus de miúdo e chamei o Oliver de miúdo. E ele veio ter comigo e disse: 'Oh pai, eu e o Oliver somos os teus miúdos'. Podia ser muito pior, mas é muito querido. Essa experiência é engraçada dos dois. Sou um sortudo".

"Acho que o exemplo que nós damos aos nossos filhos é mais importante do que aquilo que nós lhe dizemos", completou.

Leia Também: Diogo Amaral declara amor "incondicional" pelo filho Oliver com nova foto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.