A relação entre os príncipes Frederico e Joaquim da Dinamarca, os dois filhos da rainha Margarida, não é a melhor há já vários anos. Aliás, piorou depois de no ano passado a soberana ter retirado aos quatro filhos de Joaquim os títulos de príncipes e princesa, assim como o tratamento de alteza real, numa tentativa de tornar o núcleo da família real mais pequeno, à semelhança do que se tem visto noutras famílias reais um pouco por toda a Europa.

Se a relação entre os dois irmãos já não era boa, piorou depois de Frederico ter ficado ao lado da mãe nesta decisão. No último ano, o príncipe Joaquim não passou o Natal com a rainha e o irmão e Frederico também passou a época festiva longe da Dinamarca.

O príncipe herdeiro, a mulher, Mary, e os quatro filhos rumaram à Austrália, de onde a princesa é natural.

No entanto, este ano parece que as divergências foram colocadas de parte e a rainha Margarida poderá contar com a presença dos dois filhos, das respetivas mulheres e de seis dois oito netos para o Natal.

Os príncipes Frederico e Mary e os quatro filhos, Christian, Isabella e os gémeos Vincent e Josephine, vão marcar presença no palácio de Marselisborg, onde por tradição a família celebra o Natal, e os príncipes Joaquim e Marie com os filhos, Henrik e Athena, também. Ficam a faltar os filhos mais velhos do príncipe Joaquim, Felix e Nicolas, frutos do seu casamento anterior, que não estarão presentes na noite de Natal.

Felix passará a noite de Natal com a família materna e junta-se à família do pai apenas no dia 25, enquanto o príncipe Nicolas passará toda a quadra na Austrália, para onde se mudou há seis meses para estudar.

Leia Também: Frederico da Dinamarca responde a questões sobre suposto 'affair'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.