Depois da curta participação no programa ‘Casados à Primeira Vista’, Sónia Bona esteve à conversa com Júlia Pinheiro, dando-se a conhecer um pouco mais do que foi exibido durante as poucas emissões em que esteve presente.

A conversa começou com a fotografia que oferecer ao ex-marido momentos antes da cerimónia. Uma imagem sua que andava com o seu pai, que morreu num acidente de mota quando Sónia tinha oito anos.

Questionada sobre o porquê de ter dado um dos “seus maiores tesouros” a uma pessoa que ainda não conhecia, a ex-concorrente confessou: “Acreditava que realmente a ciência conseguia juntar duas pessoas e que era possível trabalhar numa relação e desenvolver o amor”.

De seguida, recordou a infância difícil. “Muda-nos enquanto pessoa, faz-nos crescer de uma forma diferente. Mas temos que encarar a morte de uma forma mais natural”, afirmou.

Durante a conversa, que lembrou o seu percurso de vida até aos dias de hoje e os amores antigos, chegou o momento de falar da participação no programa da SIC.

Uma aventura que recorda com magoa. “Obviamente, eu própria vendo aquelas imagens da maneira como estão colocadas, há ali muita coisa errada. Eu tenho a certeza e sei perfeitamente que há ali muitos comentários que podiam não ter existido. A forma de falar, por vezes, também não era a correta. Mas nós não reparamos nisso na altura com toda a envolvência”, começou por explicar.

Logo no início desta experiência, quando viu o companheiro escolhido para si, João, Sónia disse que não ia resultar. “Muita gente diz que é por uma questão física, que não houve uma atração física e que não foi possível desenvolver uma relação. Não, não tem nada a ver com uma questão física. Aprecio muito mais aquilo que está por dentro do que propriamente o aspeto físico. Muita gente diz que era por ele ser mais baixo do que eu e que eu queria um homem alto. O meu ex-namorado é bem mais pequeno do que eu”, argumentou.

A ex-concorrente referiu que a primeira coisa que a “chocou” logo no dia do casamento foi os votos de João. “No final dizia: ‘tu és tudo aquilo que eu sonhei’. A minha cabeça começou a fazer uma série de questões. Como é que eu sou tudo aquilo que ele sonhou se é a primeira vez que me está a ver. Só isso fez-me começar o alerta das defesas”, recordou.

De seguida, João disse-lhe que adorava motas, outro ponto em que não eram compatíveis. Mostrando o seu lado mais sincero, Sónia admitiu que a personalidade de João “não a cativou”.

“Nós conseguimos conversar como adultos mas não temos o mínimo de cumplicidade, não falamos todas as semanas ou sobre assuntos íntimos. Somos apenas duas pessoas que casaram num programa de televisão, que tiveram uma experiência horrível para as duas”, continuou, frisando que “não era nada disto o que queria”.

Depois da participação, são muitos os comentários negativos que tem recebido nas redes sociais. “Custa sermos julgados publicamente por algumas atitudes. Não foi mostrado tudo. Na televisão não conhecem a Sónia, conhecem aqueles momentos maus, não há ali nada que possa dizer: ‘não, mas olha, a Sónia também é assim’. Tudo o que é negativo foi tudo o que apareceu na televisão sobre a Sónia. E isto, obviamente, tem um impacto negativo na sociedade. A mim custa-me porque estou a ser posta numa posição de vilã, de ruim, má. Quando a Sónia não é bem assim”, assegurou.

Veja o vídeo completo aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.