A luta contra a ansiedade chegou quando foi diagnosticada com artrite juvenil, na adolescência. Claire Foy viveu uma fase complicada e hoje, aos 34 anos, recorda esse momento, falando abertamente do que sentia na altura.

Começou a ser uma pessoa muito ansiosa em jovem, depois de precisar de usar muletas para se conseguir movimentar devido à inflamação das articulações.

“Sentir-me estúpida não é uma coisa boa. Não era muito boa em nada”, afirmou em conversa com a revista WSJ, referindo que era, ainda assim, “relativamente boa” em algumas tarefas, como fazer bolos, e “bastante desportiva”. No entanto, entre os 12 e os 15 anos sofreu de uma condição que dificultou a sua vida: "Tinha uma artrite juvenil e tinha que usar muletas”.

“Foi extremamente doloroso…", recordou, confessando que ficava muitas vezes acordada à noite por causa disso. "A ansiedade fazia parte da minha vida nessa idade, mas eu não percebi o que era até aos 20 e poucos anos”, lembrou.

Hoje em dia, para ajudar, a artista recorre a terapia e a uma aplicação de meditação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.