No ano passado a Betweien convidou Mariana Monteiro a desenvolver, em conjunto com a empresa, o tema da igualdade de género. A atriz ficou agradada com o desafio que lhe estavam a colocar em mão e decidiu aceitá-lo. Desde então, tem levado esta temática às escolas de todo, com o livro 'Mariana Num Mundo Igual'.

A atriz confessou em exclusivo ao Fama ao Minuto que para si é importante aproveitar a sua visibilidade para promover temas importantes, com que se identifica. E, claro, contou com o apoio do namorado, João Mota.

O que tem a dizer sobre o tema proposto pela Betweien?

"A igualdade de género é um tema muito atual, mas que ainda está a precisar de ser mais implementado. Ainda não conseguimos aquilo que queremos, que é realmente a igualdade, mas estamos a caminhar para lá. Chegar às crianças para mim é o mais importante. Sempre disse que são elas o futuro e são elas as que facilmente passam a palavra aos familiares. São propagadoras da informação. Acho que foi sem dúvida, até agora, o projeto que mais me orgulho".

Sempre quis fazer algo dedicado ao público mais jovem?

"Sim, era uma coisa que gostava, mas nunca tinha pensado em que formato seria. Portanto, foi uma coisa que depois aconteceu naturalmente".

Como tem sido a receção nas escolas?

"Ótima. Ainda não pude ir a tantas como gostaria porque a minha agenda não permite, mas tem sido a melhor. As crianças têm sido muito calorosas, genuínas, é muito bom".

Nesta viagem pelo país, há algum momento que tenha ficado marcado?

"Há vários. As perguntas no final, normalmente, porque são muito autênticas, muito curiosas. Já tive uma menina que disse: 'Eu se calhar fui injusta com o meu pai porque ele comprou um telemóvel que tinha uma cor (acho que foi cor-de-rosa) e eu disse que era um telemóvel de menina, mas agora vou lhe pedir desculpa. Fui injusta e preconceituosa'. Há muitos momentos assim".

Pretende dar continuidade a esta iniciativa? De que forma?

"Sem dúvida. Continuando a promover, a tentar acompanhar o projeto. Ainda temos uma peça de teatro infantil que irá para as escolas. Não será feita por mim, mas será acompanhada por mim. Também quererei assistir e promovê-la da melhor forma".

Quando for mãe, apresentará este livro aos seus filhos?

"Se Deus quiser, claro que sim".

Recorde-se que, além de 'Mariana Num Mundo Igual', existe ainda outras temáticas que estão a ser abordadas por outros artistas: 'Diogo Piçarra em Pessoa' e 'O Planeta Limpo do Filipe Pinto'. Estes três projetos são independentes mas todos direcionados a boas causas. Segundo o que Filipe Pinto explicou ao Fama ao Minuto, o seu projeto foi quase o ponto de partida para expandir as outras temáticas, como a igualdade de género e a questão de Fernando Pessoa. Após ter apresentado a sua ideia à Betweien, em 2013, a empresa decidiu ir mais além e, no ano passado, desafiou a atriz Mariana Monteiro e o cantor Diogo Piçarra a criarem o seu próprio projeto que tem um cariz de sensibilização.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.