Esta terça-feira, dia 14, decorreu a semi-final do Festival da Eurovisão. Portugal, representado por Conan Osiris, não conseguiu passar para a final do concurso.

Quem se mostrou indignado com este resultado foi Carlos Costa, conforme demonstrou numa publicação que fez na sua conta de Instagram.

"Conan é para mim o vencedor e pela primeira vez na vida não desejei estar naquele palco", confessa.

"Tudo estava errado neste espetáculo. Planos, luzes, som, equalização, dinâmica, energia. Tudo parecia um espetáculo forçado. A sala estava vazia. O público não manifestava emoção. Não sei bem que dizer", lamenta.

Entretanto, sublinha: "FOMOS ROUBADOS! Há que ter esta noção. Acho que se o Conan não tivesse falado tanto sobre as falhas da organização israelita, não teria ficado de fora. Acho obviamente que podiam ter inovado um pouco mais na apresentação em palco como fator surpresa. Mas nada, nada disto justifica esta desclassificação", defendeu.

Concorda com a opinião do artista?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.