Depois da mediática separação de Bruno de Carvalho e Cláudia Dias Gomes, Cláudio Ramos recorreu ao seu blogue para 'defender' a ex-mulher do presidente do Sporting, afirmando que esta tem o direito de refazer a sua vida.

“O que não me faz sentido é que o seu ex-marido Bruno de Carvalho se manifeste – segundo a imprensa –aborrecido porque Cláudia renasceu das cinzas. Não é fácil passar pelo que passou esta mulher publicamente. Pode ter sido involuntário, mas foi humilhada, deixada e os jornais todos mostraram o feliz que o seu marido era, nos braços de outra mulher”, começou por dizer o comentador da SIC.

Na mesma publicação, Cláudio Ramos não descarta o facto de Bruno de Carvalho ter o “direito de se apaixonar” novamente e de “viver o que quer como quer”. No entanto, “desde que perceba que os tantos anos de relação que teve com Cláudia, da mesma maneira que não podem ser condição para continuar amarrado a ela para o resto da vida, também não devem ser esquecidos ao ponto de não ter percebido o que a podia magoar”.

“Acho estranho que seja verdade que se tenha aborrecido por ver que a mãe da filha, não ficou em casa a comer gelados à colher, embrulhada numa manta dentro de um pijama velho”, acrescentou.

Para finalizar, Cláudio Ramos destaca também o “esforço” de Cláudia Dias Gomes “para seguir em frente” com a sua vida.

“Cláudia tenta refazer a sua vida. Por trás de muitas luzes, e quando chega a casa talvez apague o sorriso, mas não se pode dizer que não se esforça para seguir em frente. Ninguém [muito menos o ex-marido] se pode dar ao luxo e ficar aborrecido com isto”, rematou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.