Bruna Marquezine reagiu a uma publicação que, segundo a imprensa brasileira, estava a circular nas redes sociais. A atriz afirmou que foi alvo de 'fake news'.

"Bruna Marquezine acusa o presidente Bolsonaro em 'live' na Internet. 'Esse crápula destruiu a cultura artística no Brasil. Sem o repasse de verbas, nós artistas vamos viver como?'", podia ler-se numa imagem que tinha ainda uma fotografia da atriz.

"Fake news é crime! O print foi dado", reagiu, mais tarde, a atriz no Twitter.

De acordo com a revista Quem, Bruna "já expos na Internet mensagens de ódio que recebeu por cauda do seu posicionamento político, apoiando o candidato à presidência. Lula da Silva".

Leia Também: Kanye West partilha fotos de Bruna Marquezine após 'encontro'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.