Flávia Alessandra comentou pela primeira vez a polémica em que se encontra envolvida por causa da distribuição da herança de Marcos Paulo, realizador com que esteve casada entre 1997 e 2002 e com quem teve uma filha, Giulia.

O imbróglio começou precisamente há seis anos com a morte de Marcos Paulo, aos 61 anos, vítima de uma embolia pulmonar.

A discórdia começou quando a mulher com quem estava na altura – Antônia Fontenelle – garantiu que o mesmo escreveu uma carta antes de morrer, na qual estabelecia que ela deveria herdar cerca de 60% dos seus bens e investimentos. Contudo, o documento acabou por não ser reconhecido no cartório, pelo que prevaleceu o testamento deixado pelo realizador, no qual esclarecia que a fortuna deveria ficar para as três filhas: Wanessa (do relacionamento com Tina Serina), Mariana (do relacionamento Renata Sorrah) e Giulia (do relacionamento Flávia Alessandra).

Esta segunda-feira, dia 4, após uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que excluía Fontenelle da herança, a mesma fez uma série de vídeos nas redes sociais, nos quais acusava Alessandra de atrapalhar a sua carreira a Globo.

Visivelmente indignada com as insinuações, Flávia pronunciou-se sobre o assunto esta terça-feira, dia 5, através de um longo comunicado enviado às redações.

“Gostaria de pedir por gentileza que a sra. Antônia não mais utilize meu nome e nem o da minha filha para tentar dar mais visibilidade a seus argumentos infundados e reivindicações jurídicas/pessoais”, diz o comunicado. “Tentei levar numa boa até aqui, mas já gostaria de deixar avisado que depois dos últimos pronunciamentos da mesma, se preciso, tomarei medidas legais para não mais ter que ouvir meu nome sendo usado para reverberar calúnias e difamações”, sublinha.

Conforme a própria afirma no texto, Fontenelle terá abdicado dos seus direitos à herança: “O sr. Marcos Paulo deixou um testamento registrado e reconhecido pela justiça, onde contempla apenas e somente as suas 3 filhas. E como se não fosse o bastante, após o testamento e ainda em vida, ele firmou um outro documento registrado em cartório e com a sra. Antonia Fontenelle, onde ela abriu mão de tudo que pertencia ao sr Marcos. Sendo assim, não teria direito a nada por decisão em comum acordo entre os dois".

Posteriormente, garante que não tem nenhum interesse pessoal na fortuna: “Queria deixar muito claro que eu não tenho direito a nada! Nunca quis nada! Além disso, graças a Deus eu não preciso de nada, pois tenho tudo que sonhei e trabalhei muito para conquistar com minha carreira, ao lado do meu marido e minhas maravilhosas filhas”.

Importa sublinhar que a fortuna de Marcos Paulo está avaliada em 30 milhões de reais, aproximadamente, sete milhões de euros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.