A separação de Sara Carbonero e Iker Casillas continua a dar que falar no seio da imprensa espanhola. Apesar de ambos os membros do casal terem procurado passar uma imagem mais positiva desta decisão, a verdade é que o ex-jogador de futebol começa a ficar mal visto.

Em causa estão a declarações feitas por Ruth Sanz, antiga 'namorada' de Iker, cuja relação durou entre 2002 e 2008.

Ruth nota que nos primeiros dois anos o relacionamento foi "íntimo" e que no tempo restante verificou-se apenas uma amizade. Sanz assegura que no início Iker aparentava ser "encantador" e "muito educado", mas que depois veio a revelar-se "estranho e suspeito".

A magia acabou por desaparecer quando Ruth descobriu que, afinal, Iker se encontrava numa relação com Laura, através de revelações feitas pelos colegas do Real Madrid.

A entrevistada disse ainda que Casillas era "forreta", uma vez que apenas lhe oferecia "luvas e camisas" e que os jantares a dois aconteciam sempre em casa.

Esta 'amizade colorida' coincidiu também com a relação que Iker teve com Eva González. "Ele costumava-me ligar a qualquer hora para me dizer que estava com raiva da Eva", recorda, lamentando que apesar das promessas que este fez de que iria deixar a companheira (Eva), as mesmas nunca foram cumpridas.

Os telefonemas por parte de Iker terminaram quando o companheiro de Ruth atendeu um deles em 2008, aproveitando para lhe pedir que a deixasse de vez.

Note-se que isto aconteceu antes de Iker Casillas ter ficado noivo de Sara Carbonero.

Leia Também: Sara Carbonero e Iker Casillas confirmam separação

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.