Ana Galvão usou a sua página do Facebook para pedir que a ajudassem a encontrar uma nova família para o cão Pintas, que não tem um olho.

Inicialmente, a figura pública começou por falar da sua cadela, Uva, que tem o mesmo problema que Pintas, pedindo para aceitar os seus "defeitos físicos".

"O cão da primeira fotografia já conhecem: É a nossa Uva, a cadela que nos apareceu sem um olho. Nós, que estamos mais que habituados que ela seja assim, nem reparamos, e só nos lembramos que algo se passa quando alguém a vê e, ou mete cara de desconforto ou fica com pena. E eu peço: Que não faça impressão e que, por favor, não se fique com pena, porque a Uva é um animal feliz, resolvido e muito doce. Aceitar os defeitos físicos de alguém (de um cão, neste caso) é não darmos, sequer, conta deles", escreveu.

No entanto, há uma grande diferença entre a Uva e o Pintas. Enquanto a cadela tem uma família, o cão está sozinho.

"Agora temos um outro cão a necessitar que se aceite a sua particularidade: O cão preto da foto de baixo, que se chama Pintas e foi, também, encontrado sem um olho (desconhecem-se as causas mas pensa-se que foi mesmo crueldade). Ora, o Pintas gostava de ter uma família que não se importasse com isto e que o aceitasse e lhe desse amor. O Pintas, tal como a Uva, observa só de um lado, mas a intensidade com que o faz é surpreendente. E ele tem dedicação e lealdade pronta a oferecer, de mão beijada, a quem o acolher", disse.

Por isso, Ana Galvão deixou um pedido especial. "Tenho muita esperança de que esta versão masculina da Uva arranje casa (até porque o Pintas, ao contrário da Uva, tem os dentes direitinhos). Por favor passem palavra. Vamos arranjar um lar ao Pintas".

Para saber mais informações sobre o Pintas, clique aqui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.