"Ontem fui pela primeira vez ao supermercado desde a chegada desta quarentena e ia cheio de medo, achando eu que iria encontrar um 'Faroeste' de 'Cowboys'", é desta forma que Agir começa por descrever na sua conta de Instagram uma ida às compras, a qual receava, tendo em conta muitas das informações que surgiram nas redes sociais.

"Mas qual não foi o meu espanto, quando me deparei com relativamente pouca gente, ordeiramente levando somente o necessário, respeitando a distância social, preocupada mas esboçando, ainda assim, sorrisos com o olhar através das máscaras cirúrgicas descartáveis", relata.

"Posso ter tido sorte e provavelmente tive, porque sei de relatos de pessoas que viveram um verdadeiro pesadelo, mas esta minha sortuda experiência fez-me acreditar, que quando realmente é preciso e depois do pânico repentino passar, o ser humano tem o comportamento cívico certo e adequado. Mesmo na tempestade esperaremos juntos (ainda que separados) e esperançosamente pela bonança", completa.

Como é que têm sido as experiência do prezado leitor/a? Partilhe connosco!

Leia Também: Príncipe Carlos está infetado com o novo coronavírus

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.