Heitor Lourenço não conseguiu ficar indiferente aquele que é o tema do momento em Portugal: a greve nacional dos motoristas de matérias perigosas, que deixou os postos de abastecimento portugueses sem combustível.

Através do seu Instagram oficial, a ator partilhou um desabafo onde manifesta a sua opinião e se mostra descontente com os efeitos da paralisação e com a forma como esta está a ser feita.

“As greves feitas em modo guerrilha fazem-me sempre lembrar os filmes de ação em que são feitos reféns. Neste caso, o pessoal civil que é sempre o mais lesado. Uma greve, com todo o seu direito, não deveria ser assim. Mas pronto, vou ficar barricado em casa, sob um efeito pós armagedon, para ver se poupo combustível. Tenho de ver uma cena positiva: hoje já não contribuo para a poluição, a não ser visual, ao escrever este desabafozito”, lê-se na publicação.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.