Assistir ao nascer do sol na praça de San Marco para a poder ver vazia e a acordar devagar e subir à Torre de San Giorgio Maggiore, que tem a melhor vista da cidade e não tem as filas do Campanile da praça de San Marco, são duas coisas obrigatórias em Veneza, como refere a maioria dos guias. Andar de gôndola é outra opção imperdível. É uma experiência única e romântica.

Petiscar nos famosos bacari, pequenos bares que servem ciccheti, uma espécie de tapas. Visitar a livraria Acqua Alta, uma das mais bonitas e caóticas do mundo, assim como ir ao carnaval de Veneza, onde as bonitas máscaras engradecem a aura misteriosa da cidade, também figura entre as principais recomendações. A par disso, existem spots únicos que (quase) só os locais conhecem, que lhe apresentamos nesta galeria de imagens.

Estes são oito dos spots originais a não perder na cidade que encanta milhões de pessoas em todo o mundo:

1. Vitraria Glass +

Este museu tem pouco mais de um ano de vida e é inovador, porque mostra o mundo do vidro de uma perspetiva mais experimental. Apresenta uma coleção de artistas contemporâneos que mostra a versatilidade desta importante matéria-prima. Vale a pena provar o chocolate quente orgânico do café do museu.

2. Orto delle Meraviglie

Todas as quintas-feiras de manhã, o Campo Santo Stefano enche-se de legumes da estação cultivados de acordo com os princípios da agricultura biológica no estabelecimento prisional feminino da Giudecca. Neste mesmo mercado, é possível encontrar também a linha de cosmética biológica feita pelas detidas com essências cultivadas na horta da prisão.

3. Riviera

Foi distinguido pelos utilizadores do TripAdvisor como o melhor restaurante transalpino e o menu revisita as tradições venezianas com muita criatividade e sabor. Prove os chitarrucci al nero di sepia com busara di canoce, massa com tinta de choco com molho picante de tomate e camarões. O Riviera tem uma esplanada ao lado do canal Giudecca.

4. Atelier Antonia Sautter

É um dos ateliês mais conhecidos da cidade e pertence a Antonia Sautter, organizadora do famosíssimo baile de Carnaval, Ballo del Dodge. Esta artesã faz vestidos de época à medida, bem como acessórios de moda (sapatos, écharpes e carteiras) e quimonos, tudo feito à mão, como manda a tradição veneziana.

5. Figli selle Stelle

Produtos genuínos, receitas tradicionais e uma esplêndida esplanada são atributos que fazem deste restaurante veneziano uma excelente escolha para quem quer ter um jantar especial. Prove o borrego assado no forno com tomate seco. Costuma ter música ao vivo.

Veja na página seguinte: O meio de transporte a que pode recorrer para substituir as gôndolas

6. Venice Kayak

E se, em vez de gôndola, visitasse Veneza num caiaque? Pode escolher a visita de um dia, meio-dia, em grupo ou privada e até à noite pelo Grande Canal. De caiaque, vai ver recantos da cidade que de outra forma nunca veria.

7. Venissa

Situada na ilha de Mazzorbo, esta propriedade vínica contempla um hotel com seis quartos, uma osteria de seu nome Contemporanea e um restaurante. Nestes dois últimos, pode provar o melhor da gastronomia veneziana com ingredientes muitos deles vindos da própria horta e elaborados com muito amor pelos quatro chefs do Venissa. Cada um tem a seu cargo uma parte do menu e a simbiose não podia ser a melhor.

8. Da Bonafaccio

É uma pastelaria, mas, curiosamente, serve também um dos melhores spritz (aperitivo veneziano, feito com vinho branco, Aperol, Bitter ou Slecto e água com gás) da cidade. Quanto a bolos, prove os cornetti (croissants), os zaleti (biscoitos de milho) e os mammalucchi (bolinhos fritos com fruta).

Texto: Rita Caetano

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.