O artista foi convidado pelo Museu para criar um vídeo em stop motion, que utiliza uma sequência de fotografias diferentes para simular movimento inspirado no sentimento mais determinante da vida humana: o amor e na já famosa peça “Coração independente” de Joana Vasconcelos.

Esta exposição inclui mais de 130 obras de 72 artistas como Marina Abramović & Ulay, Chantal Akerman, Helena Almeida, Francis Bacon, Louise Bourgeois, Sophie Calle, Lourdes Castro, Gérard Garouste, Nan Goldin, William Kentridge, Annette Messager, Raymond Pettibon, Paula Rego, Germaine Richier, Kiki Smith, Ernesto de Sousa, Wolfgang Tillmans, Joana Vasconcelos ou Francesca Woodman, entre outros.

Conheça mais acerca do trabalho do artista que expõe, desde 1998, em coleções públicas e privadas por todo o mundo, na sua conta de Instagram.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.