Há dois destinos portugueses na lista de recomendações europeias da revista britânica Condé Nast Traveller para 2021. O arquipélago dos Açores, em décimo lugar na tabela, é um deles. "À exceção da Islândia, não existe outro lugar na Europa com tanta incidência geológica", considera a reputada publicação, que lhe chama "o Havai do meio do Atlântico". "Há ilhas com florestas densas que terminam em penhascos escarpados que surgem do nada, como se fossem gigantes", elogia a Condé Nast Traveller.

As crateras vulcânicas, as nascentes de água sulfúrica, a observação de cetáceos e as boas condições para a prática de surfe são outros dos pontos de interesse destacados pela revista. "A biosfera e as reservas marinhas do arquipélago são o sinal de uma aposta no turismo sustentável, uma espécie de resposta europeia à Costa Rica", enaltece a publicação, que, surpreendentemente para muitos, coloca Melides, do concelho de Grândola no Alentejo, na segunda posição no ranking de destinos para 2021.

"Com as suas praias imaculadas e com as suas pequenas localidades e, na verdade, pouco mais, Melides é Portugal mas não o Portugal que conhece. No meio da costa intocada do Alentejo, esta localidade rural já é apontada pelos que a conhecem como a nova Comporta. Mas, aqui, não há boutique hotels nem galerias de arte da moda. Há praias desertas e hectares de vinhas, campos de arroz e sobreiros", descreve a publicação. Veja, de seguida, a lista completa dos 10 destinos europeus sugeridos para 2021.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.