Lisboa volta a ser um dos 55 destinos para onde a Delta Air Lines voa a partir de Boston no verão do próximo ano. Depois de ter voltado a voar de Nova Iorque para a capital portuguesa no passado dia 1 de agosto, a companhia de aviação norte-americana confirmou publicamente a intenção de retomar a rota, interrompida pela pandemia. Para além da maior cidade nacional, de Amesterdão e de Roma, a transportadora aérea recupera também os voos para Dublin, Edimburgo, Londres e Paris.

Atenas, Telavive, Baltimore, Denver e San Diego são as cinco novas rotas comerciais que integram os planos da Delta Air Lines para 2022 a partir do Boston Logan International Airport, no Massachusetts. "Reforçámos o nosso centro de operações nesta cidade para dar resposta ao aumento da procura. Adicionámos mais cerca de 3.800 lugares por dia comparativamente à oferta que já tínhamos antes da pandemia, em 2019", anuncia Joe Esposito, vice-presidente do departamento de planeamento de operações.

No verão do próximo ano, a transportadora aérea planeia realizar 160 voos diários a partir desta infraestrutura aeroportuária, um aumento de mais de 20% face aos números pré-surto. Muitos deles já serão efetuados nos novos aviões Airbus A321neo, com que a Delta Air Lines conta reforçar a frota na primavera de 2022. Além de mais modernas e confortáveis, as novas aeronaves têm um consumo de combustível mais baixo, uma maior eficiência energética e uma menor emissão de gases poluentes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.