Durante cerca de 200 anos, Portugal esteve sob o jugo da dinastia de Avis, iniciada com D. João I, Mestre de Avis, nomeado Regedor e Defensor do Reino em 1385.

Oito reis e nove rainhas testemunharam um período fundamental da História portuguesa, enquanto foram protagonistas de decisões importantes para o destino da nação.

A partir do olhar dessas rainhas, conhecemos as suas vidas e os episódios laterais à política e ao poder que representavam.

De Filipa de Lencastre, a mãe da Ínclita Geração a Leonor de Aragão, a triste rainha, obrigada a fugir para Castela após a morte do marido, passando por Isabel de Lencastre, que assistiu impotente ao confronto entre o seu pai e o seu marido, o livro revê ainda o percurso histórico de Joana de Castela (que acabaria enclausurada num convento), Leonor de Lencastre (que mandou construir o Convento de Madre Deus em Lisboa) e Isabel de Castela (que morreu ao dar à luz), além de Maria de Castela, Leonor de Áustria e Catarina de Áustria, avó de D. Sebastião.

As Avis - As grandes rainhas que partilharam o trono de Portugal na segunda dinastia
Joana Bouza Serrano
(Esfera dos Livros)
412 páginas
€ 25,00

Sugestão de leitura em parceria com a revista

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.