A altura ideal para podar trepadeiras depende do momento da produção da floração. Se esta ocorreu na primeira metade do ano, tem que a cortar no outono. Neste caso, elimine os gomos doentes e corte os laterais até duas ou três gemas da estrutura principal. Se estas tendem a florescer na segunda metade do ano, é melhor esperar pela primavera para uma poda mais intensa, aconselham os especialistas.

Em qualquer dos casos, antes de iniciar a poda, independentemente da altura, verifique sempre se as ferramentas que vai utilizar se encontram devidamente limpas e afiadas, para não ferir a planta durante o processo de separação. Um mau corte acaba por rasgar parte da espécie. Um corte mastigado, como muitos jardineiros e arquitetos paisagistas lhe chamam, acaba por danificar a planta.

Além de levar mais tempo a cicatrizar, acaba por a expor desnecessariamente a pragas e doenças. Para alcançar áreas de acesso mais difícil em arbustos e cercas vivas, o ideal é recorrer a uma tesoura de pontas finas. As hastes lenhosas pedem utensílios de corte próprios. Para remover folhas mortas, faça um corte de poda limpo na extremidade do pecíolo, exatamente onde a haste da folha encontra o ramo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.