O início da manhã é a melhor altura para cortar flores, quer estejam murchas, quer sejam para decorar as jarras, embora existam especialistas que defendem que o fim da tarde e o princípio da noite também são boas opções. Faça sempre cortes limpos e se se trata de rosas, corte por cima das gemas de crescimento. Se as flores são para decorar a casa em jarras ou outros recipientes, corte os ramos em ângulo para que fiquem em contacto com a água. Para melhores resultados, renove a água dos jarros periodicamente ou aplique bactericida. Verá que, desta maneira, as suas flores se aguentarão durante mais tempo.

A grande maioria das flores cortadas aguenta-se, em média, cerca de uma semana. Além de não as cortar durante os períodos de sol e de maior calor, para garantir o prolongamento da floração, deve também evitar fazê-lo quando chove, para não gerar o aparecimento de manchas acastanhadas nas folhas. As flores muito desenvolvidas não são as mais recomendadas. Prefira os botões e as flores abertas em três quartos e tenha a preocupação de, se fizer um arranjo ou um ramo, ter flores em vários estágios de desenvolvimento para um resultado mais harmonioso.

No que se refere à conservação em jarra, coloque as flores num recipiente previamente lavado com água morna, para eliminar todas e quaisquer impurezas. Apenas um terço do caule deve estar dentro de água. Tenha também o cuidado de remover todas as folhas ao nível da água, para evitar que estagnem e a sujem. Para que se mantenham mais tempo, deve evitar a exposição direta ao sol e às correntes de ar. O líquido da jarra deve ser mudado todos os dias. Se não tiver possibilidade de o fazer, basta retirar parte da água e juntar água renovada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.