Quando se fala ou trabalha com Feng Shui estamos sempre a utilizar o conceito energia, ou seja que tudo tem e é energia, desde um pequeno alfinete, a um vaso com flores ou até uma pedra.
A interacção de todas as energias compõem o ambiente que nos rodeia.

E é através desta associação de ideias que Simon Brown, um dos grandes autores de livros sobre Feng Shui da nossa actualidade, nos apresenta o seguinte:

“Móveis novos ajudam a criar uma atmosfera nova e refrescante.”

“Móveis antigos absorveram energia chi durante toda a sua vida e passam uma sensação mais estabelecida. Estes produzem uma atmosfera de estabilidade e podem introduzir uma sensação de história num edifício.” “Quando em excesso, os móveis antigos podem levar a uma atmosfera obstruída em que há resistência a mudanças para métodos ou estratégias novas e mais eficientes.”

“O tipo de energia chi absorvida por uma peça antiga de mobília depende muito do seu uso anterior. Ao comprar um móvel antigo procure saber a sua história e verifique se é compatível com as suas intenções para a peça.”

“Na maioria dos casos as peças começam a absorver a energia chi do novo ambiente dentro de pouco tempo.”

Assim já sabe, sempre que adquirir uma peça de mobiliário antiga, seja ela comprada ou oferecida, tente sempre saber qual o seu passado, como era utilizada e a quem pertencia. Desta forma poderá ter uma ideia da energia chi que contém.
Antes de começar a usar ou de juntar com as outras peças que já possui deve proceder a uma limpeza, quer de tratamento dos materiais que a constituem, quer a nível energético (se possível deixe a peça ao sol durante umas horas, coloque um desinfectante, faça uma defumação, ou junte-lhe um cristal de quartzo).

Assim a peça fica mais “leve” de modo a poder absorver com mais facilidade a energia chi do novo ambiente.

Sempre que desejar ambientes mais dinâmicos, progressistas e inovadores prefira peças de mobiliário novas e modernas.

Se desejar o contrário, ou seja um ambiente de referências históricas, consolidado em factos do passado de forma a transmitir uma certa segurança e estabilidade, deve então utilizar peças antigas.

Mas atenção, seja qual for o estilo escolhido, todas as peças devem estar em perfeito estado e devem funcionar na perfeição para a actividade pretendida. Caso contrário deve mandar restaurar ou substituir.

Texto de: Alexandre Saldanha da Gama | Site: Fluir

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.