Portugal é um país de varandas floridas e, mesmo nas grandes cidades, não é raro encontrar balcões verdejantes e coloridos nos tempos que correm. Muitos jardineiros amadores não sabem, no entanto, quais as espécies botânicas que melhor se adequam a estes espaços, por vezes reduzidos. Maria Isaura Gomes é um desses casos. "Pretendo colocar no jardim um conjunto de jardineiras que recebam sol até ao meio-dia. Gosto de espécies de flor que aguentem este clima. O que aconselham?", pergunta.

A resposta é simples. Existem, à venda nos hortos e nos espaços especializados, vários arbustos e plantas herbáceas que são excelentes para plantar em floreiras. Entre os arbustos, sugerimos as azáleas e os rododendros, sendo o Rhododendro simsii e o Rhododendro yunnanense os mais aconselhados. Outra aposta segura são as esquimias (Skimia japonica), as pieris (Pieris formosa), as mahonias (Mahonia aquifolium), as camélias (Camellia sasanqua) e os fetos arbóreos (Erica arborescens).

Entre as herbáceas, também existem umas variedades que, pelas suas características e exigências, se revelam melhores do que outras, como é o caso das petúnias (Petunia hybrida) e das ericas, sendo a Erica carnea e a Erica calluna vulgaris duas das mais recomendadas. As primulas (Primula sps.), os amores-perfeitos (Viola tricolor) e os ciclamenes (Cyclamen persicum) também figuram na lista de plantas e flores que os especialistas da área mais recomendam para estes espaços exteriores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.