Como cuidar de plantas acidófilas

As hortênsias, as gardénias e as camélias, plantas para terras ácidas, têm exigências próprias ao nível do substrato. Cada uma destas variedades botânicas está habituada, na sua região de origem, a determinadas condições. Se tentar recriar essas condições em casa, no jardim, na varanda ou no terraço, vai ter maior sucesso no seu cultivo. As plantas acidófilas estão originalmente habituadas a solos com um pH abaixo de 7.

Necessitam desses para se desenvolverem em boas condições. Se não for o caso, como muitas vezes sucede, vai ter de lhes fornecer um substrato que cumpra esses requisitos. Há muitas plantas, a par das gardénias, das hortênsias e das camélias (na imagem), que têm preferência por terras ácidas, como é o caso das urzes. Neste vídeo, pode ver algumas delas e saber que cuidados deve ter para as manter com sucesso.

Ao visualizá-lo, pode ainda perceber quais as condições de cultivo ideais para cada uma delas. Siga estes conselhos e cultive as suas plantas acidófilas com sucesso. Vai ver que, se seguir as indicações de Teresa Chambel, arquiteta paisagista, autora do blogue Um Jardim para Cuidar e de livros de jardinagem e diretora da revista Jardins, é bem mais simples do que possa parecer saber como cuidar das plantas de terras ácidas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.