O Anjo Vehuel rege entre o dia 23 e 27 de novembro e a sua essência é Elevação ou Grandeza que resulta da decisão de deixar de atuar movidos pelo desejo, produzindo em nós, de forma automática, uma elevação que nos liga ao amor-sabedoria. Promove a dedicação ao trabalho consciente de implantar na terra, de maneira racional, os conteúdos do nosso Eu Superior.

Na invocação pedimos ao Anjo: Senhor, Vehuel, faz pender as minhas aspirações para o que é elevado, para o que é nobre, para o que é digno do Teu Santo Nome.

Na Exortação Vehuel diz-nos: Encontrar-me-ás sempre, Peregrino, em tudo o que é grande e elevado… O Eterno colocou-me neste ponto, Peregrino, para os Humanos sentirem o prazer do que é insondável.

Os seus dons são, entre outros, exaltar e glorificar a Deus, a estima de todos pela nossa bondade e generosidade, distinguir-se na literatura, jurisprudência e diplomacia, proteção contra o egoísmo, ódio e hipocrisia.

Excertos do livro "Invocações e Exortações dos Anjos da Guarda"

Filomena Raposo

Sobre a autora:
Filomena Villas Raposo nasceu em Elvas, cresceu em Luanda e fixou o seu ponto de partida para o mundo na linda Lisboa há cerca de 40 anos. Exerce a advocacia decerto, por influência direta do seu Anjo da Guarda cujo lema é "Armas para o Combate" através de Amor, Inteligência e Justiça.

O amor aos Anjos surgiu de forma natural e quase impercetível tendo crescido acompanhada desta figuras, fosse em pequenas estátuas, quadros ou imagens, pela segurança, pelo carinho e beleza e, no fundo, pelo amor incondicional que lhes transmitiam. Os Anjos revelaram-se-lhe mais abertamente na década de 1090 quando conheceu Lisete Soares com quem iniciou o Estudo Sistemático dos Anjos que frequentou, com vários e largos interregnos, ao longo de cerca de 10 anos.

À data, o estudo dos Anjos já trazia grande aconchego à sua existência, acalmando a sua mente, aquecendo o seu coração e iluminando a sua vida. Foi a partir deste encontro que os Anjos passaram a manifestar-se mais vivamente na sua vida, até que em agosto de 2019 se lhe tornou premente, como se fosse caso de força maior, organizar as orações aos Anjos para dar a conhecer a todos e partilhar a riqueza espiritual que representa saber que temos um Anjo da Guarda e quais são os seus dons. O maior entendimento da oração leva ao reconhecimento que os dons do nosso Anjo refletir a missão de vida que cumprimos no mundo.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.