O Anjo Mumiah rege entre os dias 16 e 20 de março e a sua essência é Renascer, no sentido em que, ao fecho de um ciclo se segue o gérmen da nova vida. Ao vivermos o final de qualquer situação anuncia-se o milagre de um novo ciclo criador. Quando o ciclo natural termina todas as forças do universo confluem para produzir esse final, e a própria evidência diz-nos que aquilo não pode ir mais além.

Na Invocação pedimos ao Anjo: Mumiah, faz renascer em mim todos os princípios que levaram o mundo à sua plenitude, e que o teu humilde servidor possa ser para os outros o portador da tua renovação, nos átomos, nas células, nas gerações; portador de saúde e de vida longa, mensageiro das tuas misteriosas Virtudes.

Na Exortação Mumiah diz-nos: entre o que está corrompido e o que é sublime deves escolher, porque é impossível ficar como está. Desejo ardentemente, Peregrino, dar-te asas. Desejo ardentemente que possas ver-Me, face a face…

Os dons do Anjo Mumiah são, entre outros: fazer que qualquer experiência chegue às últimas consequências; distinguir-se na medicina e conseguir curas maravilhosas; desvendar segredos da natureza; alivio aos pobres e aos doentes; proteção contra o desespero e as tendências suicidas.

Excertos do livro Invocações e Exortações dos Anjos da Guarda.
Filomena Raposo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.