Os Antigos estudavam atentamente os movimentos dos planetas porque compreenderam desde cedo que a vida humana é afetada por eles. Alguns são mais sensíveis às mudanças cósmicas do que outros, que procuram encontrar sempre uma explicação lógica para os factos. No entanto, mesmo que não nos detenhamos a procurar perceber o que se passa nas estrelas, a verdade é que a nossa vida flui com maior harmonia quando prestamos a devida atenção ao que nos rodeia, procurando compreender os sinais que o Universo a todo o momento nos envia.

E esta energia de observação e atenção marca uma forte presença no mês de novembro. Começa logo com a Lua Nova em Escorpião, no dia 7 de novembro, uma Lua que nos faz metamorfosear dentro de nós próprios, transformando as mágoas e as fraquezas na materialização dos nossos desejos. A Lua Nova em Escorpião, em conjunção ao Sol no mesmo signo, convida-nos a remexer dentro de nós para arrancar do mais íntimo do nosso ser a força, a coragem e a vontade para lutar pelo que desejamos.

Este mês, como aliás tem sido uma constante ao longo de 2018, diz-nos para abrandar o ritmo e para olhar para o nosso passado em busca da orientação e da sabedoria que nos permita curar o que tem de ser curado e seguir em frente.

Novembro é astrologicamente marcado pela retrogradação dos dois planetas que estão mais próximos da Terra e que, por isso, afetam cada um de nós de modo mais individual, único e imediato.

No final de outubro Vénus entrou em movimento retrógrado e nas duas primeiras semanas de novembro prepara-se para um novo ciclo. Vénus deixa de estar retrógrado no dia 16 de novembro, quando Mercúrio, o responsável pela comunicação e pelo mundo das ideias, entra por sua vez em movimento retrógrado. Assim, enquanto que na primeira metade de novembro é o coração que anda a deitar contas à vida e a fazer um balanço do que precisa de ser curado, na segunda metade do mês é a razão que precisa de ser melhor organizada, redireccionada, dirigida.

O Universo está, assim, a incentivar-nos a parar antes que o ano termine, para que possamos preparar-nos melhor para o futuro. Depois desta fase não voltaremos a ter planetas retrógrados até março de 2019.

Mas para além deste abrandamento, o mês de novembro é influenciado por uma energia muito positiva e auspiciosa: no dia 8, Júpiter deixa o signo Escorpião para entrar no signo Sagitário, do qual é regente. Júpiter em Sagitário sente-se em casa, e uma vez que este é o planeta da expansão, da sorte e das oportunidades, todos nós gozaremos com o seu "regresso a casa".

A influência deste aspeto planetário é especialmente positiva e irá fazer-se sentir ao longo dos próximos 12 meses. Com Júpiter em Sagitário todos nós tendemos a sentir-nos mais positivos, expansivos, cheios de esperança e de luz. Há um alívio que se sente a nível geral, uma atmosfera menos pesada a nível social e até em questões políticas. Júpiter em Sagitário promove a cooperação e ensina a unir esforços, em vez de estar a fazer força em sentidos opostos.

Tome nota na sua agenda:

Em termos numerológicos, o dia 11/11 possui uma vibração energética muito elevada. Aproveite este dia para ganhar uma nova compreensão sobre determinados assuntos, para avançar com os seus projetos e para despertar, até, a nível espiritual. É bastante provável que se sinta mais intuitivo ou "desperto" nesta data, por isso preste muita atenção às mensagens e aos sinais que recebe. É um ótimo período para manifestar os seus desejos e expressar as suas intenções, para fazer os seus pedidos aos seus Anjos da Guarda e Guias Espirituais e para perceber melhor de que forma pode avançar rumo à conquista das suas metas.

Por fim, o mês de novembro terá uma Lua Cheia em Gémeos no dia 23, que será mais leve que a Lua Cheia de outubro, e menos intensa. Esta energia irá ajudar-nos a desenvolver estratégias que nos permitam avançar a um ritmo mais estável e seguro.

No dia 25 de novembro, o Sol forma uma conjunção a  Júpiter no signo sagitário, o que promete trazer uma lufada de ar fresco e alguns verdadeiros golpes de sorte. este é um dia especialmente favorável para todo o tipo de exposição e de apresentação, quer seja de projetos, trabalhos, negócios e até a nível afetivo.

De um modo geral, novembro promete ser um mês risonho, que nos traz intensos raios de Sol aos dias mais escuros, tal como um verão de São Martinho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.