A energia de dezembro ajuda-nos a fazer essa retrospetiva e a organizar as nossas ideias de forma mais produtiva, para que possamos rentabilizar o nosso potencial.

Em dezembro os astros alinham-se de forma harmoniosa e ajudam-nos a equilibrar melhor as nossas ideias com as nossas ações.

Logo no dia 6, Neptuno volta a estar direto, depois de ter estado retrógrado desde junho, o que contribui para que tenhamos maior clareza mental e para que consigamos ver com maior nitidez que consequências se escondem por detrás das nossas escolhas. Neptuno é o planeta do sonho e da imaginação e, enquanto esteve retrógrado, tendeu a encobrir a nossa capacidade de julgamento, alimentando a tendência para a insegurança e para sentirmos dúvidas em relação às nossas capacidades e ao sucesso dos nossos projetos.

No dia 9, Vénus opõe-se a Júpiter, um aspeto que tende a enfatizar as boas energias dos dois planetas. Vénus está associado ao amor e à afetividade e Júpiter representa as oportunidades e a sorte e, embora se trate de uma oposição, este aspeto gera uma boa atmosfera para as relações, podendo acentuar paixões e dar um novo fôlego ao desenvolvimento de projetos e de tudo aquilo que fazemos de coração.

No dia 12, a Lua Nova ocorre no signo Sagitário, trazendo-nos esperança e fé. Sagitário é o otimista do Zodíaco, o signo que confia na sorte e no seu poder de decisão para superar as adversidades e os desafios que a vida lhe apresenta. A Lua Nova em Sagitário ajuda-nos a encarar as situações de uma forma mais positiva e a acreditar que é possível dar forma aos nossos sonhos.

Sagitário distingue-se pelo seu caráter aventureiro, pela sua ousadia e coragem, e esta energia tende a deixar-nos, seja qual for o nosso signo, mais autoconfiantes e esperançosos em relação ao futuro. É uma boa altura para manifestar a concretização dos seus desejos e para fazer pedidos ao Universo. Regido por Júpiter, o planeta da abundância, Sagitário tende a trazer sorte e bem-aventurança aos nossos propósitos, dando-nos motivação e alento.

No dia 13 de dezembro temos um abrandamento energético, uma vez que Mercúrio fica retrógrado, e assim continuará até ao dia 1 de janeiro. Assim sendo, e de acordo com esta influência planetária, a reta final do ano exige-nos maior cuidado e atenção aos pormenores, pois Mercúrio retrógrado acentua o risco de haver mal-entendidos, boatos infundados, notícias enganosas.

Na vida pessoal de cada um de nós, Mercúrio retrógrado alerta para a necessidade de sermos mais cuidadosos com as nossas palavras e de não nos deixarmos levar pelos impulsos, de verificarmos bem os contratos que assinamos e os projetos que estamos prestes a concluir, sendo também de frisar que, na época festiva, Mercúrio retrógrado pode acentuar o risco de extravios de encomendas e correspondência, pelo que, se for possível, deve procurar antecipar quaisquer envios para antes de dia 13.

No dia 16, preste especial atenção à sua intuição, pois a quadratura do Sol com Neptuno pode acentuá-la, fazendo com que possa receber informações através de sonhos ou algum tipo de mensagem codificada, como sincronicidades e coincidências, por exemplo.

A 21, o Sol entra no signo Capricórnio no dia do Solstício de inverno, uma das quatro datas-chave do ano, que representa uma mudança a nível energético. Os dias vão começar a tornar-se gradualmente maiores e, através desse aumento do tempo de luz solar, há também uma progressiva força maior do Sol, do potencial criador, da vida que se prepara para despontar na Natureza.

O solstício de inverno marca o início do inverno no Hemisfério Norte e traz um aumento energético, que será inicialmente sentido de uma forma muito subtil, mas que favorece as iniciativas individuais. Todos os projetos que forem começados sob esta energia tendem a ser beneficiados por uma energia de expansão, propícia ao desenvolvimento.

No mesmo dia do solstício de inverno, Vénus forma uma quadratura com Úrano, que pode trazer surpresas inesperadas relacionadas com o amor, paixões exacerbadas e sentimentos fora de controlo. No dia 22, o Sol forma uma conjunção com Mercúrio, que ainda está retrógrado, ajudando a ver as situações a uma nova luz e com maior clareza. Esteja atento às informações que recebe neste dia e aproveite-o para avançar com as tarefas que tem em mãos.

A Lua Cheia em Caranguejo aquece os nossos corações um dia depois do Natal, a 26, favorecendo o contacto com a família e tudo o que contribui para nutrir o nosso bem-estar emocional.

Os últimos dias do ano serão intensos e cheios de energia positiva, graças à conjunção de Marte com Mercúrio, no dia 27, que aguça a nossa mente e apura a nossa imaginação e astúcia, e graças ao facto de Júpiter deixar de estar retrógrado no dia 30, empurrando-nos para a frente e fazendo-nos despedir de 2023 com força e motivação para abraçar o que o novo ano nos traz.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.