Voltam à ribalta os casos de violência doméstica no país após a ocorrência de mais um assassinato.

Os números revelam-se assustadores, na medida em que todos os dias há 84 portuguesas que apresentam queixa na polícia por serem alvo de agressões do seu companheiro.

Os dados agora apresentados pelo Observatório de Mulheres Assassinadas mereceram por parte da secretária de Estado para a Igualdade, Elza Pais, uma atenção especial, adiantando que existem, neste momento, 544 projectos de combate a este tipo de crime.

Refira-se, ainda, que ano transacto 29 mulheres foram assassinadas em consequência de violência doméstica e 28 foram alvo de tentativas de homicídio.

Face a este crescimento, a governante anunciou que em 2011 arrancará um plano nacional que incluirá "projectos de prevenção, de protecção às vítimas e de condenação dos agressores".

Também a este propósito, Mendes Bota , coordenador da campanha contra a Violência Doméstica implementada pela Assembleia da República, referiu em entrevista à Lusa: “ Desde há um ano a esta parte, sinto que os efeitos da crise económica e financeira também se estão a reflectir no aumento do fenómeno da violência contra as mulheres”.

14 de Julho de 2010

Veja ainda:

Look younger in 30 dias

Dita Von Teese fas strip no desfile de Gaultier

Paris fashion Week: Chanel

Acabe com os mitos das dietas

Uma pen que vai fazê-la brilhar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.