A propósito do Dia Internacional do Café assinalado a 14 de abril, a Associação Industrial e Comercial do Café (AICC) revela que a segunda bebida mais ingerida em todo o mundo (apenas superada pela água), tem um consumo baixo em Portugal, se atendermos ao mercado europeu.

Assim, em média, “cada português bebe 2,2 chávenas de café por dia, sendo o consumo nacional per capita de 4,1 quilos, face aos 6 quilos da média europeia e 13 quilos da Noruega ou Finlândia”, informa o organismo em comunicado.

Ou seja, os portugueses bebem menos cerca de 40% de café do que a média europeia e menos 70% do que os finlandeses. Outro aspecto que diferencia o mercado nacional é o peso do consumo fora de casa, que representa 80% das vendas, maioritariamente restaurantes, pastelarias, cafés, hotéis e bares.

A AICC, no âmbito do Programa “Café e Saúde”, implementado em Portugal em 2007, tem vindo a “demonstrar os benefícios do café para a saúde, diferenciando o que é mito e o que é fato e, sobretudo, enaltecendo as suas reais qualidades a nível de prevenção de algumas patologias”.

13 de abril de 2012

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.