A pessoa perfeita sorri com os olhos e canta no duche.

A pessoa perfeita sabe rir de si mesma e gosta da sua companhia.

A pessoa perfeita tem muitos defeitos, mas tenta melhorar-se.

A pessoa perfeita transforma o ódio em leve irritação.

A pessoa perfeita consegue transformar uma leve irritação numa memória apagada.

A pessoa perfeita sabe viver no agora, mas esquece-se muitas vezes de o fazer.

A pessoa perfeita segue os sonhos sem se importar muito se os consegue ou não tornar reais.

A pessoa perfeita às vezes está só na multidão, outras vezes tem companhia na solidão.

A pessoa perfeita sabe amar. E sabe quando prender e libertar.

A pessoa perfeita existe para subir, mas sabe que descer é menos cansativo.

A pessoa perfeita pode ser demasiado gorda ou demasiado magra, mas gosta sempre de si.

A pessoa perfeita tem indecisões que resolve a ouvir a razão e a seguir o coração.

A pessoa perfeita respeita os outros porque se respeita sempre a si própria.

A pessoa perfeita conversa muito consigo e conhece o perdão.

A pessoa perfeita sabe proteger e pedir proteção.

A pessoa perfeita dá tempo a si mesma, mesmo tendo que o “roubar” aos outros.

A pessoa perfeita não é imutável, mas pode ser constante.

A pessoa perfeita gosta, à partida, de todas as outras pessoas.

A pessoa perfeita conhece a condição humana.

A pessoa perfeita é genuína a maior parte do tempo.

A pessoa perfeita sabe estar num confronto a ver tudo de cima.

A pessoa perfeita surpreende-se, mas compreende-se.

A pessoa perfeita sabe que tudo tem prazo e vive de acordo com isso.

A pessoa perfeita conhece o amor, mas faz da amizade um culto.

A pessoa perfeita aceita-se na sua perfeição imperfeita…

  Ana Amorim Dias

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.