Out Of Office é a nova plataforma online, onde é possível reservar um espaço para trabalhar a um passo de casa. E não falamos dos coworks tradicionais ou de escritórios, mas sim de lugares inspiradores, “cool” e “trendy”, como restaurantes, bares e hotéis bem seus conhecidos.

Com a maioria das empresas a permitir o teletrabalho pelo menos até ao final do ano (mesmo que num modelo híbrido), o trabalho remoto é uma tendência que parece ter vindo para ficar. Aliás, até 2025, estima-se que 70% das pessoas estará a trabalhar remotamente pelo menos cinco dias por mês. Poder escolher a partir de onde se quer trabalhar é um privilégio e, principalmente agora, é algo considerado “cool”.

A Out Of Office é então a solução perfeita para todos os problemas que podem surgir ao trabalharmos a partir de casa ou ao optarmos por não ir ao escritório. E funciona exatamente como o Airbnb: através do website, o utilizador pode reservar o espaço (com até uma semana de antecedência) para onde quer ir trabalhar, e paga apenas o tempo que lá estiver.

Ao ter esse espaço reservado, garante que quando lá chega este está disponível para o período escolhido, sendo que depois pode sempre alargar o horário inicial.

Conheça aqui os espaços disponíveis:

“O nosso objetivo é apresentar soluções para o futuro do trabalho, que acreditamos passar por um modelo híbrido, em que uma pessoa vai ao escritório alguns dias por semana e nos outros pode trabalhar a partir de casa ou, neste caso, de um espaço à sua escolha. Muitas pessoas gostam dos benefícios que o teletrabalho traz, como o facto de não terem de perder tempo a deslocarem-se para o escritório, mas não têm as melhores condições para trabalhar em casa. E é isso que a Out of Office vem trazer: uma rede de locais de trabalho próximos, mais inspiradores e motivadores, onde cada um se pode concentrar e ser produtivo, mesmo em teletrabalho”, explica José Luís Pinto Basto, o fundador da Out Of Office.

José Luís Pinto Basto, o fundador da Out Of Office.
José Luís Pinto Basto, o fundador da Out Of Office

Além de tudo isto, ao aderir à Out Of Office, o utilizador está também a ajudar o setor da restauração e da hotelaria, tão afetado durante o último ano. No final de contas, todos ficam a ganhar - os utilizadores, que têm liberdade para escolher e decidir o local a partir do qual querem trabalhar, e os espaços, que estão a ser devidamente recompensados por receberem os trabalhadores.

“Vi este conceito nos Estados Unidos (mesmo antes da pandemia), e foi algo que fez todo o sentido para mim, uma vez que estes espaços estão, de facto, subaproveitados. Por exemplo, os restaurantes servem o almoço e o jantar, e entre essas horas o espaço está vazio, pelo que desta forma poderiam ter uma receita adicional sem custos acrescidos. Tive também como inspiração o SoHo House, um member’s club global e que existe nos Estados Unidos. Os seus espaços têm um ambiente espetacular, e muitas pessoas aproveitam para ir para lá trabalhar. É isso que quero oferecer com a Out of Office”, acrescenta o fundador da start-up portuguesa.

Com a Out Of Office, passamos a poder aliar o trabalho e o lazer, e conseguimos inclusive definir o local de trabalho em função da oferta de serviços disponíveis em cada espaço.

Quanto aos parceiros da OOO, falamos de espaços em restaurantes de renome, como o Seen, hostéis que têm estado na berra, como o Selina, ou bares de praia, como o Sublime Beach Club, na Comporta.

Em cada um destes espaços, há um lugar reservado para quem chega através da Out Of Office e, muitas vezes, em horários em que inicialmente não estariam abertos. Além disso, muitos destes espaços não permitiriam à partida que os clientes lá estivessem a trabalhar.

O processo é todo feito através da plataforma disponível em outofoffice.pt, onde o modo de fazer reservas é muito simples, rápido e intuitivo. Funciona em computador e mobile, tornando muito fácil fazer uma reserva on the go.

O custo de aluguer de cada espaço é de 1,25€ por hora, e existem pacotes de oito ou quarenta horas, com 10% e 20% de desconto, respetivamente. O utilizador pode ainda optar por fazer uma subscrição mensal, com acesso ilimitado aos espaços.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.