Segundo estudo da Escola de Administração da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, há profissões em que as mulheres bonitas não "encaixam".

As carreiras ditas masculinas como mecânico, canalizador, director financeiro, supervisor de construção, entre outras, são vetadas a mulheres.

"Nessas profissões, ser bela é um atributo altamente prejudicial às mulheres", disse a pesquisadora Stefanie Johnson em comunicado, acrescentando que mulheres atraentes costumam ser conduzidas a cargos como os de recepcionista ou secretária.

O estudo, publicado no Journal of Social Psychology, foi realizado em voluntários a quem foram dadas 55 fotografias de homens e mulheres e pedido que classificassem de acordo com a sua adequação para cada cargo.

No final, os pesquisadores constataram que as mulheres mais bonitas foram excluídas de determinados cargos, o mesmo já não acontecendo com homens bonitos que não enfrentaram discriminação.

Porém, segundo Johnson, o estudo também concluiu que "as pessoas bonitas, independentemente do género tendem a receber salários mais altos, avaliações melhores de seu desempenho, índices mais altos de ingresso em faculdades, maior número de votos quando se candidatam a cargos eleitos, e, quando vão a julgamento, tendem a ser tratadas de modo mais favorável."

Ou seja, as pessoas ainda continuam a ser avaliadas pelo seu aspecto físico e não pelo seu real valor.

10 de Agosto de 2010

Veja ainda:

Chegou a hora de abrir os cordões à bolsa

Dita Von Teese fas strip no desfile de Gaultier

Paris fashion Week: Chanel

Acabe com os mitos das dietas

Uma pen que vai fazê-la brilhar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.