"O valor médio de temperatura média na Europa foi 0.43 °C inferior à média e é o terceiro março mais frio dos últimos 10 anos. Verificaram-se condições mais quentes do que a média no norte da Europa, em particular na Noruega. Por outro lado, ocorreram condições mais frias do que a média no sul da Europa, nomeadamente na Grécia e na Turquia onde se registaram as anomalias mais baixas", lê-se no site do IPMA.

Em relação à precipitação, verificaram-se na Europa condições mais secas do que a média, exceto na Península Ibérica onde as condições mais húmidas contrastaram fortemente com a situação mais seca observada em fevereiro.

Em Portugal Continental, março foi normal em relação à temperatura do ar e chuvoso em relação à precipitação.

"O valor médio de temperatura mínima do ar 7.43 °C foi 0.60 °C superior ao valor normal; valores de temperatura mínima do ar superiores aos agora registados ocorreram em 30 % dos anos desde 1931. O valor médio de temperatura máxima do ar, 16.32 °C, foi -0.68°C inferior ao valor normal", refere o IPMA.

"O mês foi caracterizado por uma primeira quinzena com valores de temperatura do ar (máxima, média e mínima) inferiores ao valor normal mensal, sendo de realçar o período de 03 a 08 e 11 a 14 na temperatura máxima e 4 a 7 na temperatura mínima. Na segunda quinzena verificou-se a subida da temperatura mínima, com valores diários quase sempre superiores à normal mensal", acrescenta.

Março de 2022 foi também o 6º mais chuvoso desde 2000. O valor médio da quantidade de precipitação, 102.5 mm, foi superior ao valor normal 1971-2000, correspondendo a 168 %.

"Verificou-se um desagravamento significativo da intensidade da situação de seca meteorológica em todo o território, terminando a classe de seca extrema. Grande parte do território está na classe de seca moderada e o interior Norte e o litoral Sul estão na classe de seca severa. A 31 de março, 2.4 % do território estava em seca fraca, 81.7 % em seca moderada e 15.9 % em seca severa", conclui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.