Já há vários bancos com taxas de depósito iguais a zero!

É verdade. Dependendo dos prazos e dos montantes são já vários os bancos que não lhe dão qualquer taxa de juro pelos seus depósitos a prazo. Quer isto dizer que estes bancos não querem o seu dinheiro ou que querem antes vender-lhe outro tipo de soluções para rentabilizar o seu dinheiro… e para lhe cobrarem mais comissões.

O seu banco ao receber um depósito a prazo irá ter de decidir o que fazer ao dinheiro. Poderá mantê-lo parado no seu balanço, o que implica fazer um depósito no Banco Central a taxas de juro negativas, ou emprestar dinheiro às empresas e às famílias (atenção que já estamos a ver um aumento do crédito, por vezes sem grande critério ou cautela).

Se empresta dinheiro aos bancos está a assumir riscos

Fazer um depósito a prazo é emprestar dinheiro aos bancos. Quem empresta dinheiro corre o risco de não vir a receber o seu dinheiro de volta. Sim, existe um fundo de garantia de depósitos. Mas as novas regras bancárias trazem certamente mais risco para os depositantes com montantes superiores ao valor garantido. E já agora, qual a lógica de emprestar dinheiro, correr riscos… e não recebe nada em troca, arriscando as suas poupanças que lhe custaram muito?

E as taxas promocionais?

É verdade. Alguns bancos apostam nas suas estratégias de marketing e de captação de clientes em depósitos a prazo com taxas de juro aparentemente muito interessantes. No entanto, sugerimos que não se esqueça que estas taxas de juro duram por prazos muito reduzidos e podem mesmo não compensar as chatices e as burocracias de abertura de mais uma conta bancária. Sim, porque depois aparecem as comissões de manutenção ou de gestão a “comer” o seu património. Veja aqui as 5 dicas de poupança do Dr. Finanças para aumentar o valor do seu pé-de-meia.

O que fazer?

Nos dias que correm as alternativas sem risco são muito reduzidas. No entanto, sugerimos que olhe para os produtos de aforro do Estado, como sendo os certificados de aforro, os certificados de tesouro ou as obrigações de tesouro rendimento variável. Sugerimos que tenha cautela com os depósitos ou produtos estruturados e que avalie bem os riscos dos restantes produtos de investimento que o seu banco lhe tentará vender. Aliás, por que não ver alguns critérios para a escolha da sua conta poupança?

João Raposo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.