Gastos com presentes, decoração, almoços ou jantares com amigos e familiares. O mês de dezembro é uma das épocas mais valorizadas pelas famílias, mas também sinónimo de gastos extra. Tendo em conta o contexto desafiante deste final de ano – marcado pela subida dos preços de bens e serviços e pelo aumento dos encargos com os juros – siga os conselhos da Twinkloo para controlar as despesas e, se possível, reforçar as poupanças.

Defina um orçamento e faça uma lista de compras

Planear é a regra de ouro para assegurar que não ultrapassa o seu orçamento para esta época. Nesse sentido, defina o limite máximo que quer gastar e mantenha os presentes e outras despesas dentro desse valor.

Não deixe as compras para os últimos dias e compare preços

Apesar de esta ser sempre uma época agitada, tente fazer as compras de forma atempada. Desta forma, conseguirá pensar e avaliar alternativas, assim como comparar preços, garantido que cada compra realizada estará dentro do orçamento definido.

Faça você mesmo

A tendência do “Do it Yourself” (DiY) veio para ficar. Os presentes e as decorações feitos em família e personalizados – desde compotas, bolachas, cabazes ou artigos de decoração – têm um importante valor simbólico e sentimental. Por outro lado, permitem também obter poupanças consideráveis.

Escolha a modalidade de crédito mais adequada ao seu perfil

Segundo as regras do Banco de Portugal, o crédito ao consumo pode apresentar-se sobre diversas modalidades sujeitas a diferentes tetos máximos de juros que os bancos podem cobrar. Nessa medida, é importante escolher a solução de financiamento mais benéfica para as suas necessidades: tanto pode recorrer ao plafond do cartão de crédito ou à facilidade de descoberto bancário da sua conta-ordenado (muito embora os juros destas soluções sejam tipicamente mais elevados comparativamente a outros financiamentos), como fazer um crédito pessoal sem finalidade específica.

Compare as opões de financiamento

O crédito pessoal, usado de forma responsável, é uma ferramenta importante para ajudar a concretizar os sonhos que muitos portugueses têm nesta época. Se necessitar de recorrer a financiamento, faça a escolha mais acertada tendo em conta o seu orçamento, de forma a evitar o endividamento excessivo.

Compare as condições oferecidas para financiamento

Antes de assinar um contrato de crédito ao consumo, verifique com atenção todas as condições que constam na ficha de informação normalizada, nomeadamente: o valor da prestação, o prazo do empréstimo, a taxa de juro, as garantias solicitadas e as comissões a que estará sujeito. Se possível, compare as condições oferecidas por diferentes instituições, utilizando para esse efeito a TAEG (Taxa Anual de Encargos Efetiva Global).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.