2020 foi um ano especial em todos os sentidos, incluindo na sexualidade. Numa altura em que as listas de ano novo já estão preparadas, a Satisfyer analisou as tendências sexuais que emergiram e que terão especial importância em 2021.

O resultado? Uma ampla variedade de empolgantes inspirações, consciência sexual, jogos por controlo remoto e treinos em casa, capazes de assegura e potencial o orgasmo.

A Satisfyer elegeu seis a ter em conta para entrar na "nova normalidade sexual" de 2021.

#1 "Ter sexo" ao som da sua canção favorita

Os concertos a partir de varandas ou o aumento mensal de 29% de utilizadores ativos do Spotify por todo o mundo foram dois episódios de especial relevância em 2020. A música aumenta o desejo e reduz o stresse.

#2 Prazer à distância

Este ano, mais do que nunca, muitos casais tiveram que viver a sua relação à distância, sem se poder ver devido às restrições impostas pela pandemia. Felizmente, controlar os aparelhos do companheiro sexual à distância já não é ficção científica.

Há aplicações que permitem aceder ao aparelho de outra pessoa e, a partir daí, a imaginação e o desejo fazem o resto.

#3 Consciência sexual plena

Estar presente com todos os sentidos durante o sexo ou a masturbação nem sempre é fácil. O mindfulness sexual revoluciona a forma como as relações se mantêm, permitindo que os momentos sejam plenamente saboreados, sem outras distrações.

Esta disciplina centra-se na perceção consciente da fisicalidade, por exemplo, na concentração total das sensações e não no orgasmo como uma meta. Meditação, exercícios de respiração, relaxamento muscular e a masturbação são algumas chaves que podem ajudar a melhorar a vida sexual.

Do mesmo modo, um produto de bem-estar sexual pode converter-se no melhor dos aliados para relaxar e dedicar tempo a si. Porque não o incluir na lista de desejos de fim de ano?

#4 Entretenimento para potenciar o orgasmo

Seja com pesos, yoga ou cardio, o desporto em casa também teve o seu auge este ano. Muitas listas de desejos incluem "fazer mais exercício", porque não incluir também o treino do pavimento pélvico e priorizar a saúde sexual? Como? Através das bolas chinesas, como por exemplo as Power Balls, as Strengthening Balls ou as V Balls.

#5 Entretenimento sexual

Sabia que a masturbação regular tem um impacto positivo no nosso estado de espírito em geral, na saúde e na produtividade? Os orgasmos também ajudam a ter mais confiança e satisfação com o próprio e nas relações.

Ter consciência disto e estar aberto a novas experiências pode elevar uma pessoa a outro nível. A sexóloga da Satisfyer Megwyn White confirma que o entretenimento sexual é uma zona livre de prejuízos para aprender outras técnicas sexuais, explorar novos desejos e desenvolver estratégias de comunicação para alcançar objetivos de casal.

#6 Prazer masculino sem tabus

2021 deveria ser definitivamente um ano em que os homens pudessem falar mais sobre a sexualidade sem medo de serem julgados.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.