São fáceis de preparar, previnem o envelhecimento, hidratam e garantem o aporte de líquidos ao organismo. Como vê, as infusões estão associadas a inúmeras vantagens.

Por exemplo, uma infusão de menta favorece a digestão, uma de camomila, para além de relaxar, tonifica a pele e o chá com limão frio é ideal para suportar temperaturas altas.

Evitam a desidratação

Falamos das infusões, bebidas à base de ervas que se elaboram, deitando folhas das plantas em água, geralmente, quente para que as substâncias aromáticas e medicinais passem para o líquido.

Cuidam da pele

As infusões são muito usadas na estética. É um dos segredos mais bem guardados pela mulheres orientais, que utilizam as vitaminas das infusões para manter uma aparência juvem. A camomila, por exemplo, é um valorizado tónico cutâneo e anti-inflamatória, anti-irritante, hidratante e deixa a pele suave e tensa. As folhas e extratos de chá utilizam-se como ingredientes de uma ampla gama de produtos de banho. O chá verde previne o envelhecimento da derme. Se for aplicado diretamente na pele alivia também as queimaduras do sol.

Regulam o corpo

Geralmente, todas as ervas estão associadas a algumas propriedades
curativas que dependem das suas substâncias ativas. Tome nota:

Contra a febre: A hortelã
Descongestinante: O eucalipto trata os problemas do aparelho respiratório.
Diuréticas: A ortiga e a bétula facilitam a eliminação de líquidos.
Digestivas: A camomila e o funcho favorecem a digestão.

Camomila
A sua infusão proporciona um aroma intenso que se utiliza para tratar a gripe e os problemas gastrointestinais. E também desinfetante e calmante.

Menta
Estimula a secreção dos sucos gástricos e a secreção biliar.
O seu efeito anti-sético serve para aliviar o catarro com inalações.

Poejo
O seu segredo está no seu óleo que é um bálsamo para o estômago.

Chá preto
É rico em vitaminas, previne as cáries e as doenças do aparelho digestivo, cardiovascular e respiratório.

Valeriana
É um remédio ideal para atenuar a irritabilidade nervosa, o cansaço e a insónia crónica.

Tília
Trata constipações, estimula o apetite, é sedativa e diurética.

Angelica
É usada como infusão medicinal pelas suas propriedades digestivas, acalma o sistema nervoso e alivia as enxaquecas.

Estragão
O seu óleo essencial estimula o apetite e favorece a digestão.

Margarida
É ótima para tratar catarros e facilitar a expectoração.

Tanaceto
Elimina os parasitas intestinais.

Pés de gato
Esta infusão ajuda a tratar todos os problemas respiratórios.

Como preparar uma infusão

- Coloque as erva numa chaleira e deite água a ferver.

- Depois, tape a chaleira para conservar os princípios activos e deixe repousar as ervas durante cinco a dez minutos.

- Verta a infusão para uma chávena, filtrando-a através de um coador muito fino.

- Pressione as ervas com uma colher para extrair as suas substâncias e guarde o que sobrar num jarro num local fresco.

Existem ervas que estão a ser denominadas de remédios milagrosos. Por exemplo, diz-se que o hiperico é um potente antidepressivo, a matricaria é conhecida como a aspirina natural e o óleo de menta como analgésico.

Em alguns casos esse poder está demonstrado, mas noutros sua eficácia ainda não está comprovada cientificamente. Por exemplo, não está claro que a papoila e a flor de laranjeira sejam realmente sedativos. Existem também espécies que não estão recomendadas por serem tóxicas, terem contra-indicações ou efeitos secundários. Por exemplo, a consuelda pode produzir toxicidade hepática.

Chá de casca de maçã


Ingredientes

1 colher pequena de casca de maçã
1 pau de canela
1 pera madura
4 passas de uva sem grainha
1 raspa de casca de limão
Mel

Preparação
1. Verta a água sobre a casca de maçã e a canela.
2. Deixe repousar durante cinco minutos, coe e junte a pêra ralada, as passas, mel e casca de limão.
3. Deixe arrefecer e sirva.

Chá de canela

Ingredientes
1 casca de um limão
1 pau de canela
1 l de água
Pedaços de maçã

Preparação
1. Verta num jarro a canela com a água a ferver e deixe repousar cinco minutos.
2. Junte a casca de limão bem ralada e deixe repousar antes de passar tudo pelo coador.
3. Antes de servir, junte um pedaço de maça por chávena.

Chá de frutas

Ingredientes
4 colheres pequenas de chá de ervas
4 colheres pequenas de fruta desidratada (pêra, maçã e framboesas)
1 l de água
4 colheres de mel

Preparação
1. Coloque num jarro o chá e a fruta.
2. Verta água a ferver e junte depois o mel
3. Deixe repousar até que a fruta fique hidratada.
4. Deixe arrefecer e sirva depois de o filtrar.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.