Todos nós precisamos que as nossas glândulas produzam sebo para manter a integridade do filme hidrolípidico que é o principal elemento de proteção da pele contra as agressões externas.

No entanto, quando há produção exagerada de sebo acompanhada da alteração das características do mesmo (mais espesso, comedogénico e irritante), dá-se o aparecimento das tão indesejadas lesões acneicas (borbulhas, pontos negros, microquistos, entre outros).

10 alimentos que fazem borbulhas na cara
10 alimentos que fazem borbulhas na cara
Ver artigo

As principais causas da acne

A partir da puberdade, o aumento da secreção de hormonas sexuais masculinas leva à hipersecreção sebácea, alteração da qualidade do sebo, espessamento da epiderme, inflamação e colonização bacteriana da superfície cutânea. Estas são as principais causas do aparecimento da acne, uma doença inflamatória do folículo pilo-sebáceo que afeta principalmente as áreas com maior número de glândulas sebáceas como o rosto, a parte superior do toráx e as costas.

A acne é a principal causa de consulta dermatológica afetando 90% dos adolescentes na Europa. Com um pico de incidência entre os 14 e os 17 anos, é mais prevalente no sexo masculino. Geralmente a acne desaparece entre os 20 e os 25 anos. No entanto, mantém-se em 15% dos casos de pessoas entre os 30 e os 35 anos e em 1% nos homens e 4% nas mulheres após os 40 anos.

Habitualmente, a acne tem um efeito psicológico de curto prazo, que poderá manter-se e tornar-se grave. A diminuição da autoestima, a exclusão social, a depressão e a ansiedade são repercussões psicológicas frequentes de um paciente com acne. De forma a prevenir estas consequências psicológicas e o agravamento das lesões acneicas (acne severa e cicatrizes), a acne deve ser tratada precocemente.

Os benefícios da higiene diária

A higiene deve ser o primeiro gesto na rotina diária de qualquer tipo de pele. Na pele acneica, a higiene diária desempenha um fator ainda mais preponderante dado que a utilização de produtos de higiene suaves - não detergentes e não deslipidantes - permite a purificação dos poros e a remoção das impurezas, descongestionando e refrescando a pele. Um gesto simples e eficaz na conquista da pele saúdavel.

O cuidado deverá ser o mais completo possível, ou seja, deverá atuar em todas as causas da acne, aumentando o conforto cutâneo e melhorando a qualidade da pele desde a primeira utilização.

Para além dos produtos dermocosméticos adequados, há um conjunto de cuidados que deverão ser adotados por um paciente com acne: não esfregar nem espremer borbulhas e pontos negros para evitar o aparecimento de cicatrizes; utilizar sempre produtos de maquilhagem não comedogénicos e oil-free; adotar uma alimentação equilibrada; fazer a higiene e o cuidado da pele duas vezes por dia; e utilizar fotoprotetor adequado à pele oleosa de forma a prevenir o efeito rebound da acne.

15 doenças que ainda não têm cura
15 doenças que ainda não têm cura
Ver artigo

Os tratamentos para a acne precisam de ser contínuos e prolongados e é essencial cumprir o tratamento com perseverança, sob pena de as borbulhas reaparecerem.

A convivência com a acne não é fácil, ela afeta diretamente a autoestima e as relações com os outros. A vergonha e a falta de confiança são alguns sentimentos frequentes, no entanto, o que para alguns pode parecer uma simples borbulha, para quem a tem é um problema grave.

Devido a estes efeitos psicológicos e ao possível aparecimento de cicatrizes permanentes e inestéticas, o tratamento da acne não deve ser negligenciado.

Os pais e os amigos devem ter um papel ativo na resolução deste problema que afeta a maioria dos jovens, a partir do aconselhamento de produtos de dermocosméticos adequados e a sua implementação na rotina diária. São gestos essenciais para a melhoria da qualidade da pele.

Os conselhos são da farmacêutica Marta Alves.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.