O café, a seguir à água, é a bebida mais consumida em todo o mundo. Isto faz logo à partida do café a principal fonte de antioxidantes mais consumida. Na sua composição encontramos vários compostos fenólicos que apresentam muitos benefícios para a saúde. Por vezes considerado vilão, a verdade é que o café (de qualidade) pode mesmo ser uma fantástica bebida funcional.

Os benefícios do café com suporte científico:
1. Melhorias a nível cognitivo, vigilância e concentração, tempo de reação
2. Aumento da taxa metabólica e termogénese
3. Redução do mal de Alzheimer até 65%, demência e Parkinson entre 32% e 60%
4. Controle do açúcar no sangue (se bebido sem açúcar) e diminuição do risco de contrair diabetes entre 23% e 50%
5. Aumento da performance física e resistência
6. Protetor hepático reduzindo o risco de cirrose até 80%
7. Reduz até 40% o risco de cancro do fígado e cancro coloretal em 15%
8. Redução do risco de depressão
9. Redução do risco de ataque cardíaco
10. Aumento da longevidade
11. Potente efeito antioxidade
12. Redução da inflamação

Há pessoas que não toleram a cafeína e por esses motivos devem evitar o café, especialmente quando afeta o sistema nervoso provocando tremores e insónias. Para todas as restantes, o café de qualidade (biológico) e consumido com moderação, pode e deve fazer parte de uma alimentação saudável e funcional.

Um adulto, sem sensibilidade ao café, pode beber, para obter benefícios de saúde, cerca de 100mg de cafeína por dia. Claro que a cafeína que vem de uma bebida como “colas” nunca será uma opção.

A concentração de cafeína varia muito do tipo de grão e forma como é processado. Isto pode corresponder a pouco mais que 2 cafés expresso 1 chávena grande.

A seguir, veja as dicas para tirar o máximo proveito do café.

As minhas dicas para tirar o máximo proveito do seu café
1. Não abuse. Beba apenas uma a duas chávenas por dia.

2. Use café de qualidade, biológico e feito com água filtrada. O café convencional é das culturas com maior carga de agrotóxicos e micotoxinas (apesar de polémico o seu perigo).

3. Faça o café em casa com uma boa máquina de filtro ou saco.

4. Acrescente um pouco de cacau em pó (o mais escuro possível ou mesmo cru) e canela do ceilão. Irá aumentar exponencialmente o seu poder antioxidante.

5. Não coloque açúcar ou adoçantes artificiais com aspartame. É uma questão de hábito.

6. Evite as bicas servidas fora de casa: o café é convencional e regra geral demasiado queimado.

7. Evite os cafés de cápsula, pois as mesmas contêm biosfenol-A e alumínio e que podem migrar para a bebida através do calor.

8. Evite os cafés de rua, em especial os servidos em copos de plástico pelo mesmo motivo.

9. Se tiver o ferro baixo e anemia, evite beber às refeições pois impede absorção do ferro.

10. Evite o café com leite (galão ou meia de leite) pois diminui a absorção dos seus antioxidantes.

11. Evite beber o café em jejum e garanta que se hidrata bem. O café em excesso pode depletar minerais como magnésio e cálcio.

12. Não beba café depois das 14h.

Alguns cuidados

Um dos compostos do café, a cafeína, pode causar dependência e a sua retirada abrupta pode causar dores de cabeça fortes, irritabilidade, fadiga, entre outros sintomas de abstinência.

Beber demasiada cafeína pode causar palpitações, distúrbios gástricos, tremores e aumento pontual da tensão arterial.

As evidências demonstram, porém que não existe relação com o aumento da tensão arterial a médio/longo prazo.

Outro dos efeitos associados é o aumento do colesterol LDL (mau). Mas isso pode ocorrer devido às substâncias chamadas diterpenos (cafestol e kahweol) que se encontram no café fervido e não no café filtrado. Não existe relação entre o consumo de café e o risco de cancro.

Se gosta de café, não se abstenha de incluir esta fantástica bebida na sua alimentação e tente respeitar as regras acima descritas. Está a consumir um excelente alimento com um enorme potencial para melhor a sua saúde, prevenindo um grande número de doenças.

Miguel Figueiredo
Medicina Integrada e Funcional/Coaching Alimentar

Formador Curso de Alimentação saudável e Funcional

Brahmi

Outras referências:
https://authoritynutrition.com/top-13-evidence-based-health-benefits-of-coffee/

http://www.medicalnewstoday.com/articles/270202.php

http://www.caffeineinformer.com/7-good-reasons-to-drink-coffee

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.