Os voos da Iberia entre Madrid e Xangai estavam cancelados desde 31 de janeiro, com a estimativa de os manter cancelados durante fevereiro, período que agora a companhia prolongou por mais dois meses por razões de força maior e pela segurança de clientes e empregados.

A companhia aérea do grupo IAG (International Airlines Group) informou hoje num comunicado que vai dar aos clientes com bilhetes emitidos para voar nesta rota nestes meses o seu reembolso total.

Para serem reembolsados, os clientes afetados deverão contactar a agência de viagens ou a Serviberia, no caso de terem comprado o bilhete diretamente com a transportadora.

A Iberia, que começou a voar para Xangai em 28 de junho de 2017, vai continuar a monitorizar

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.