A Santa Casa da Misericórdia do Porto (SCMP) conclui esta semana um processo iniciado há mais de um ano e meio quando 20 idosos do Lar Residencial da Quinta do Marinho tiveram que abandonar as instalações para que fossem feitas obras na casa.

Segundo fonte da SCMP, "os idosos que viveram numa ala, no quarto do piso, do Hospital da Prelada, começaram na semana passada a ser recolocados em outros lares da cidade, cumprindo com o que estava estabelecido".

"Os primeiros a serem colocados foram os idosos que não têm família", revelou a fonte, explicando que os demais aguardaram "mais uns dias até os familiares decidirem qual dos três lares propostos lhes dava mais jeito".

"Nos 17 meses que passaram no hospital, os idosos dispuseram de todas as condições, quer ao nível de recursos humanos quer de logística, havendo até familiares que preferiam que continuassem no piso do hospital, onde dispuseram de uma ala dedicada", acrescentou.

Os vinte idosos serão distribuídos pelos lares de São Lázaro, Nossa Senhora da Misericórdia e Pereira de Lima.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.