A propagação do vírus interrompe-se rapidamente e limita-se a algumas células cerebrais, mas essa infeção mínima causa uma reação das "citocinas", proteínas mensageiras entre as células do sistema imunológico, que desempenham um papel na inflamação local, concluiu o estudo, publicado na revista americana especializada em microbiologia mSphere.

"O que vimos é consistente com o facto de que a infeção por SARS-CoV-2 raramente leva a encefalite grave porque o vírus se espalha de forma incontrolável no cérebro", disse a pesquisadora Debby van Riel em comunicado.

"Mas o facto de que o SARS-CoV-2 pode eventualmente entrar no cérebro através do nervo olfativo e infetar células localmente, o que por sua vez causa uma resposta inflamatória, pode certamente contribuir para distúrbios neurológicos", explicou.

Desde o início da pandemia, pacientes em todo o mundo relataram distúrbios neurológicos e psiquiátricos, como problemas de memória, dores de cabeça, psicoses raras e até encefalite (inflamação do tecido cerebral).

Uma pessoa em cada três que tenha superado a COVID-19 teve um diagnóstico de distúrbio neurológico ou psiquiátrico durante seis meses após a infeção, segundo apontou um grande estudo publicado em abril na revista especializada The Lancet Psychiatry.

Cada vez mais dados indicam que o vírus pode entrar no cérebro através do nervo olfatório. No entanto, o que acontece depois de o SARS-CoV-2 entrar no cérebro ainda é pouco compreendido.

"Além do que o nosso estudo indica, o sistema imunológico provavelmente também desempenha um papel. Mais pesquisas serão necessárias para descobrir", disse a investigadora Femke de Vrij, do departamento de psiquiatria do hospital Erasmus.

Os pesquisadores observaram o vírus durante um curto período de tempo em laboratório, em células naturais de cultura, obtidas a partir de estirpes pluripotentes induzidas (iPS).

"Também examinamos um número limitado de tipos de células cerebrais", acrescentou Vrij, enfatizando que estudos futuros facilitarão o conhecimento sobre os "efeitos a curto e longo prazo de uma infeção viral nas estruturas cerebrais".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.