O gabinete do Procurador de São Francisco, George Gascon, anunciou que vai “aplicar retroativamente a medida” que legalizou em 2016 a posse e consumo de marijuana para fins recreativos. A decisão abrange todas as oito mil “infrações e condenações” registadas pelas autoridades desde 1975.

10 benefícios científicos comprovados da canábis terapêutica
10 benefícios científicos comprovados da canábis terapêutica
Ver artigo

Também a cidade californiana de San Diego tornou público que irá tomar uma medida semelhante relativamente às condenações por posse e utilização de canábis para fins recreativos.

“São Francisco toma mais uma vez a iniciativa de reparar os estragos causados pela desastrosa guerra contra as drogas”, resumiu George Gascon, em comunicado.

O Procurador diz que a guerra contra as drogas levada a cabo pelo Governo americano tem provocado “detenções desiguais entre grupos raciais”, com negros e hispânicos a serem detidos em muito maior número do que cidadãos caucasianos.

Legal em oito estados

Oito Estados americanos, entre os quais o Colorado e Washington, legalizaram o uso de canábis para fins recreativos. Trinta Estados legalizaram o consumo e posse para fins terapêuticos.

A nível federal (nacional) o consumo de canábis está equiparado em termos legais ao consumo de drogas duras, como a heroína.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.