A importância da avaliação regular

A voz é um dos elementos centrais da comunicação humana, estando presente nas mais variadas formas de expressão e interação em contextos sociais, profissionais e artísticos. Por isso, é importante que todas as pessoas que usam a voz todos os dias façam uma avaliação com um otorrinolaringologista e um terapeuta da fala especializado em voz pelo menos uma vez por ano.

Quais são os sinais a estar atento?

As principais queixas vocais que as pessoas costumam apresentar são: rouquidão, quebras de voz, voz fraca, dor, voz mais grave, falta de ar entre outros. Estas alterações podem ocorrer em qualquer idade e comprometer a qualidade de vida. 

Se sente que a sua voz se modificou recentemente ou na presença dos sintomas descritos - principalmente se persistem mais de duas semanas - deve consultar o seu médico otorrinolaringologista.

Qual a importância da terapia da fala?

O terapeuta da fala é o profissional responsável pela prevenção, avaliação, intervenção e estudo científico das perturbações da comunicação humano, englobando não só a voz, mas também outras formas de comunicação não verbal. A Terapia da Fala pode ser realizada em todas as idades, tendo como objetivo geral otimizar as capacidades de comunicação, melhorando assim a qualidade de vida do individuo. 

Que cuidados devemos ter com a voz?

Os cuidados de higiene e saúde vocal são extremamente importantes para manter sempre uma boa qualidade vocal. Deixo aqui algumas dicas:

  • Articule bem as palavras, sem realizar esforço vocal;
  • Mantenha uma boa postura corporal ao falar ou cantar;
  • Beba água com frequência para manter a hidratação do corpo;
  • Tenha uma alimentação saudável rica em frutas e proteínas;
  • Use roupas confortáveis que permitam uma boa movimentação de abdómen, tórax e pescoço;
  • Procure reduzir a quantidade de fala durante quadros gripais, crises alérgicas e período pré-menstrual;
  • Evite falar por longos períodos, principalmente em ambientes ruidosos;
  • Evite pigarrear, gritar e dar gargalhadas exageradas;
  • Evite ingerir leite e derivados, bebidas com gás e chocolate antes de utilizar a voz de forma contínua;
  • Evite ingerir álcool em excesso, bem como outras drogas;
  • Em situações de comunicação no ambiente online procure manter o rosto bem iluminado, posicione-se no centro da câmara e faça pequenas pausas para alongamentos corporais e relaxamento;
  • Esteja atento aos primeiros sintomas de alteração vocal como cansaço, ardor ou dor ao falar, falhas na voz, mudança de tom, pigarro e rouquidão.

É importante cuidar da voz, no sentido de prevenir o aparecimento de doenças ou lesões laríngeas e, quando estas surgem, tratá-las o mais precocemente possível.

Um artigo de Sara Araújo, Terapeuta da fala no Hospital CUF Porto e Instituto CUF Porto.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.