As respostas a estas e outras perguntas vão passar a ter resposta em https://www.pneumoscopio.pt/.

Disponível a partir de hoje, o Pneumoscópio permitir-nos-á mapear o número de internamentos por Pneumonia e a mortalidade por Pneumonia e Meningite, em Portugal Continental.

Será, sem dúvida, um importante contributo para que, considerando o perfil da população, se possam delinear estratégias de prevenção e atuação local, contribuindo, assim, para a mitigação do impacto destas patologias.

Compreender o ecossistema em que vivem as populações é, cada vez mais, um fator essencial na construção de estratégias de prevenção de doenças, e na atuação da sua mitigação.

O Pneumoscópio nasce com a necessidade de caracterizar a Pneumonia e a Meningite. Poderemos fazê-lo de forma nacional ou por região, e assim representar geograficamente números como os internamentos e a mortalidade e relacioná-los com indicadores sociodemográficos.

Com a contribuição do Pneumoscópio, poderemos traçar o perfil de ambas as patologias na respetiva área de atuação e relacioná-los com parâmetros como o Produto Interno Bruto per capita de determinada região, o grau médio de escolaridade, a qualidade térmica habitacional, a taxa de sedentarismo por faixa etária ou o índice de poluição atmosférica.

O cruzamento destes indicadores será particularmente útil à investigação, bem como um importante apoio na construção de estratégias prevenção e atuação para a mitigação do impacto das doenças.

A partir de hoje, pode aceder ao Pneumoscópio aqui.

Um artigo do médico Rui Costa, especialista de Medicina Geral e Familiar, Coordenador do GRESP - Grupo de Estudos de Doenças Respiratórias/GRESP da APMGF.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.