Dos 10 casos registados em Macau, este é o sétimo paciente a receber alta, continuando internadas outras três pessoas.

Trata-se de uma mulher de 67 de anos, que esteve hospitalizada desde 27 de janeiro, oriunda da cidade chinesa de Wuhan, onde começou o novo coronavírus.

A mulher chegou a Macau no dia 23 de janeiro, precisaram as autoridades.

Dos 1.630 casos suspeitos em Macau, 1.616 foram excluídos pelas autoridades, com quatro à espera de resultados de análises, não existindo neste momento pessoas em isolamento.

Nas últimas 24 horas foram efetuados 93 testes, sublinharam as autoridades de saúde, no dia em que se cumpre o 21.º dia sem novos casos no território.

As autoridades têm repetido nos últimos dias que o território se encontra “num momento crucial” no combate ao surto e as pessoas “devem evitar sair de casa”.

Casinos, parques públicos, trilhos, serviços públicos, zonas de lazer, espaços de ginástica na rua, parques infantis, entre outros, estão a ser abertos gradualmente.

O Governo de Macau ainda não tem data prevista para a abertura das escolas, encerradas desde o início do mês.

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.705 mortos e mais de 80 mil pessoas infetadas, de acordo com dados reportados até esta terça-feira, por cerca de 30 países.

Além de 2.665 mortos na China, onde o surto começou no final do ano, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

Em Portugal, já houve 14 casos suspeitos, que resultaram negativos após análises, estando um novo caso a ser avaliado.

O único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros que está hospitalizado no Japão.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.